Após polêmica sobre vacinação, David Almeida proíbe servidores de postarem fotos se vacinando

Denuncias de privilégios ameaçam a credibilidade da vacinação na capital.

2
Foto: Alex Pazuello (ASCOM)

MANAUS – A prefeitura de Manaus vai publicar uma portaria proibindo servidores de divulgarem imagens nas salas de vacinação contra a Covid-19.

A informação foi anunciada pelo prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), durante uma live transmitida na noite de terça-feira (19), após postagens nas redes sociais de pessoas que não são do grupo prioritário se vacinando, colocarem em xeque a credibilidade do plano de vacinação na capital amazonense.

Uma portaria proibindo a divulgação em rede social dentro das unidades. Você se vacinou fique pra você, não precisa compartilhar em rede social. Essa é a determinação, esse é o pedido”, disse David.

De acordo com o prefeito, Grabrielle e Isabelle Lins, alvos da polêmica da vacinação, foram contratadas para suprir a demanda de médicos na Unidade Básica de Saúde (UBS) Nilton Lins.

Um decreto da Prefeitura de Manaus, do dia 18 de janeiro de 2021, oficializa a nomeação de Gabrielle Kirk Maddy Lins na função de Gerente de Projeto (DD4) na Secretaria Municipal de Saúde. Mas, até o momento, nada foi provado de que ela faz parte do grupo da linha de frente de combate à COVID, o que lhe daria direito a ser vacinada.

Assista ao pronunciamento:

Comentários

Comments are closed.