Marcelo Ramos critica prefeito por não ter iniciado vacina pelos hospitais em crise pela Covid-19

Filhas do dono da Nilton Lins, recém-contratadas pela prefeitura, estão entre as primeiras pessoas a serem imunizadas na capital.

1
Foto: Marcelo Ramos

AMAZONAS – O deputado federal Marcelo Ramos (PL-AM) criticou na manhã desta quarta-feira (20), o prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), por ter começado a vacinação contra a Covid-19 dos profissionais de saúde do Amazonas por uma UBS.

Duas médicas recém-contratadas pela prefeitura da capital, filhas do dono da Universidade Nilton Lins, estão as primeiras pessoas a serem imunizadas na capital.

O que gerou uma onda de criticas nas redes sociais ontem (19), além delas a Miss Amazonas Mariana Castilho, também foi alvo, após postar uma foto tomando vacina.

A imagem gerou revolta na internet e especulações de que seria a Coronavac, destinada a grupos prioritários, dos quais ela não faz parte de nenhum. Logo a publicação foi compartilhada diversas vezes no Twitter.

Logo após a repercussão negativa, a modelo usou os stories do Instagram para informar que a vacina que tomou não é contra a covid-19. “Nem que eu quisesse eu poderia, então, podem ficar tranquilos que a vacina que eu tomei hoje é outra vacina”, disse ela.

Ramos

O parlamentar assim como os amazonenses criticaram a gestão.

É óbvio que deveria começar por 28 de Agosto, João Lúcio, Platão Araújo, Delphina, Ana Braga”, escreveu Marcelo em seu Twiiter.

Comentários

Comments are closed.