Prefeito de Autazes sai na frente na transparência com lista de vacinados

Cavalcante publicou decreto para garantir transparência na vacinação. Lista de vacinados vai para diário oficial e redes sociais.

1
Foto: Reprodução

AMAZONAS – O prefeito de Autazes, Anderson Cavalcante (PSC), deu um exemplo para o Brasil na transparência sobre a aplicação das doses de vacina do coronavírus (Covid-19).

Para não dar margem a desvio de dose da Coronavac ao grupo prioritário desta primeira fase, que são os profissionais da saúde, Cavalcante baixou um decreto.

Nele, determina que, além do registro dos dados funcionais do servidor, o vacinador deve também fazer uma fotografia individual do imunizado.

Conforme o prefeito, esses dados serão tornados públicos para conhecimento de toda a população do município. A lista, disse Cavalcante, vai ser divulgada no diário oficial e nas redes sociais da prefeitura.

Usina a caminho

Segundo o prefeito, Autazes vive hoje um clima de otimismo para vencer essa segunda onda de ataque do coronavírus. A chegada do primeiro lote de 5.928 doses da vacina é um dos motivos disso.

E neste dia 20 mesmo Cavalcante determinou o início da vacinação. Uma mulher, índia de 52 anos, técnica de enfermagem, foi a escolhida para receber a primeira dose. Ela atua há 32 anos na saúde de Autazes.

Nessa oportunidade, o prefeito já anunciava à população que não haverá privilégio a ninguém fora do grupo prioritário.

Cavalcante também anunciou que o município vai ter em breve uma usina para produzir oxigênio para a demanda da rede de saúde.

Comentários