Irmãs Lins são exoneradas da Prefeitura de Manaus

As irmãs receberam a segunda dose da coronavac, mesmo com decisão judicial proibindo que todos os suspeitos de ‘furar’ a fila da vacinação recebessem a última dose.

228

Depois de vinte cinco dias nomeadas como gerente de projetos na Secretaria de Saúde de Manaus, as irmãs Lins foram exoneradas hoje (12).

As médicas Gabrielle e Isabelle Kirk Maddy Lins receberam a primeira dose da vacina no dia 19 de Janeiro, na Unidade Básica de Saúde (UBS) da Nilton Lins. As irmãs postaram registros da aplicação do imunizante em uma rede social, o que acabou ganhando repercussão nacional por conta de alegações de que as irmãs foram imunizadas de forma antecipada.

Logo após a repercussão negativa, o prefeito de Manaus, David Almeida anunciou a publicação de uma portaria que proibiu a divulgação de registros fotográficos da vacinação. “Você que se vacinou, fique para você”, disse o prefeito, em vídeo publicado nas redes sociais.

No último dia 10, As irmãs receberam a segunda dose da coronavac, mesmo com decisão judicial proibindo que todos os suspeitos de ‘furar’ a fila da vacinação recebessem a última dose.

vacina covid
vacina covid

Nesta sexta-feira saiu a exoneração das duas irmãs no diário oficial, confira:

Comentários

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.