Deputados do AM assinam manifesto pedindo que Bolsonaro cancele redução que gera desemprego na ZFM

A decisão do presidente também piora a economia local.

3
Foto: Rproduçao

MANAUS – Os 24 deputados da Assembléia Legislativa do Amazonas (Aleam) assinaram manifesto para que o presidente da República, Jair Bolsonaro, volte atrás em sua decisão de reduzir os impostos que prejudicam a Zona Franca de Manaus (ZFM).

De acordo com os parlamentares, a importação de bicicletas na ZFM será prejudicada além de mais de 600 indústrias que serão afetadas.

O presidente anunciou na noite da última quarta-feira (17), que o governo vai reduzir de 35% para 20% a alíquota do imposto de importação de bicicletas no Brasil até o final do ano.

Atualmente o Imposto é de 35%. A CAMEX deliberou por diminuí-lo. Então ficará 30% em março/21, 25% em julho/21 e 20% em dezembro/21.

Os políticos afirmam no documento assinado que milhares de manauaras ficarão desempregados além de piorar a economia local que já passa por crise.

Leia o Documento:

Comentários