publicidade
Início Brasil Combate à violência doméstica será prioridade diz nova secretária de Políticas para...

Combate à violência doméstica será prioridade diz nova secretária de Políticas para Mulheres

Esta Ilustração que reflete a violência doméstica viralizou nas Redes Sociais

Na última quinta-feira (9), a Ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos Damares Alves, anunciou em suas redes sociais a nova titular da Secretaria Nacional de Politicas para Mulheres, a advogada Cristiane Rodrigues Britto.

Cristiane afirmou hoje (10), que durante sua gestão a pasta irá priorizar a articulação de medidas de combate à violência doméstica.

ESTATÍSTICAS

Nos últimos 12 meses, 1,6 milhão de mulheres foram espancadas ou sofreram tentativa de estrangulamento no Brasil, enquanto 22 milhões (37,1%) de brasileiras passaram por algum tipo de assédio. Dentro de casa, a situação não foi necessariamente melhor. Entre os casos de violência, 42% ocorreram no ambiente doméstico. Após sofrer uma violência, mais da metade das mulheres (52%) não denunciou o agressor ou procurou ajuda.

Os dados são de um levantamento do Datafolha feito em fevereiro encomendada pela ONG Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) para avaliar o impacto da violência contra as mulheres no Brasil.

Os novos dados corroboram o que outras pesquisas já mostravam. Grande parte das mulheres que sofreram violência dizem que o agressor era alguém conhecido (76,4%). Mulheres pretas e pardas são mais vitimadas do que as brancas; as jovens, mais do que as mais velhas.

Edição: Adriano Santos/Politizei

*Com informações da BBC BRASIL / AGÊNCIA BRASIL 

publicidade

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

×

Olá!

Fale agora mesmo com nosso atendimento.

× Como posso te ajudar?
Sair da versão mobile