Saiba como vai acontecer o retorno das atividades econômicas no Amazonas

A retomada será de forma gradual, ou seja, cada ramo do comércio terá uma data indicada. Confira o calendário completo:

Na noite desta quarta-feira (27), o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC-AM), anunciou através de uma coletiva de imprensa, de que forma as atividades não-essenciais que estavam suspensas pelo decreto 42.101 como forma de combater a proliferação do novo Coronavírus.

A retomada será de forma gradual, ou seja, cada ramo do comércio terá uma data indicada. Confira o calendário completo:

1º de Junho:

  • Templos religiosos (apenas para receber 30% de sua capacidade total de frequentadores);
  • Loja de artigos esportivos e bicicletas;
  • Lojas de artigos para o lar;
  • Lojas de vestuário, acessórios e calçados;
  • Lojas de móveis e colchões;
  • Atendimento presencial (Médico e odontológico);
  • Joalerias e relojoarias;
  • Comércio de utensílios médicos e ortopédicos;
  • Serviços de publicidade e afins;
  • Lojas para animais;
  • Lojas de variedades;
  • Agências de turismo;
  • Concessionárias e revendedoras de veículos;
  • Óticas;
  • Floriculturas;
  • Bancas de Jornais e revistas;

15 de Junho:

  • Lojas de informática, comunicação, telefonia e materias e equipamentos fotográficos;
  • Lojas de brinquedos;
  • Lojas de departamento e magazine;
  • Restaurante, café, padaria e lanchonete;
  • Loja de cosméticos, produtos de perfumaria e higiene;
  • Loja de eletrodomésticos, audio e vídeo;
  • Comércio de animais vivos;
  • Comércio de bijuterias e semi-joiais;
  • Comércio especializado em instrumentos musicais e afins;
  • Comércio de equipamento de escritório;
  • Escritórios Contábeis;
  • Escritórios de imobiliárias;
  • Assistência Técnica de eletrônicos, eletrodomésticos e afins;
  • Bancas de Jornais e revistas em espaços privados;

29 de Junho:

  • Lojas de artesanatos e souvenirs;
  • Cabelereiro, barbearia e afins;
  • Comércio varejista de doces e afins;
  • Academias e similares;
  • Comércio varejista de artigos de caça, pesca e camping;
  • Comércio de objetos de arte;
  • comércio de fogos de artifício e artigos pirotécnicos;
  • Comércio varejista de armas e munições;
  • Stands de vendas de imobiliárias;
  • Reabertura dos parques públicos, aparelhos urbanos e visitas a atrações turísticas;

6 de Julho:

  • Creches, escolas e Universidades da rede privada de ensino;
  • Cinema com limite de 50% de clientes;
  • Outras atividades não comtempladas nos ciclos anteriores;

ATENÇÃO:

Bares, casas de show noturnas e eventos ainda não possuem data definida para retorno das atividades.

Escolas da rede pública de ensino estão com data de retorno pendente.

Comentários

2 COMENTÁRIOS

Comments are closed.