fbpx
26.3 C
Manaus
quarta-feira, 8 dezembro, 2021
Patrocinado
InícioAmazonasTony Ferreira, Ex-presidente do PRONA lança pré-candidatura em Manaus

Tony Ferreira, Ex-presidente do PRONA lança pré-candidatura em Manaus

Ex-vereador por 2 mandatos, foi escolhido para presidir o PRONA pelo então deputado Enéas Carneiro, retorna a vida política após 12 anos afastado por conta da depressão.

Manaus – O empresário e ex-vereador Tony Ferreira decidiu retornar a política local após 12 anos afastado. Ele que já foi vereador por dois mandatos seguidos, durante sua atuação na Câmara Municipal ficou conhecido por suas inúmeras conquistas para o bairro da Cidade Nova, onde teve maior porcentagem de votos.

Agora, Tony Ferreira pretende estender seus projetos para toda a capital, desenvolvendo um trabalho voltado para cuidar da saúde física e mental das pessoas, ele que sentiu na pele a Depressão após a perda de seu Pai que ocorreu no auge do seu mandato, fazendo Tony abandonar a vida pública.

Atualmente, Tony é filiado ao Partido Liberal, por onde pretende disputar as eleições deste ano.

Tony Ferreira
Tony discursando na tribuna da CMM.
Foto: Divulgação

Trajetória

Nascido em Manaus, Tony é filho de Raimundo Belo Ferreira e de Nazareth de Almeida Ferreira. Cresceu no bairro da Cidade Nova, na Zona Norte da cidade. É formado em contabilidade mas desde os 18 anos de idade atua como empresário, com empreendimentos nas áreas de esporte, entretenimento e educação.

Seu carinho pelo bairro em que cresceu o motivou a entrar na política e após algumas tentativas foi eleito vereador no ano 2000, e reeleito em 2004, ficando até 2008 no poder legislativo.

Conquistas

Durante seu mandato, colecionou diversas conquistas para a população, principalmente por sua relação próxima com o então prefeito de Manaus, Alfredo Nascimento, que aprovou muitas de suas indicações, entre elas podemos destacar o requerimento nº 247/2001 que resultou na criação da famosa praça de alimentação da Cidade Nova, hoje esquecida pelo poder público.

Construção da Praça de Alimentação da Cidade Nova. Foto: Reprodução

Preocupado com o crescente número de invasões de terra na região norte de Manaus, o parlamentar apresentou o requerimento nº 1413/01 que transformou a área verde da comunidade Novo Mundo em uma zona de preservação ambiental, onde foi construído uma sede social inaugurada por ele em 2001.

Um de seus primeiros compromissos como vereador foi lutar pela implantação de uma agência bancária na Cidade Nova, chegou inclusive a visitar vários bancos e mostrar a carência do bairro no setor, o que rendeu um resultado positivo para a população, que recebeu a primeira sede do Bradesco na região. Posteriormente, influenciou a chegada de outras empresas como Banco do Brasil, Caixa Econômica, HSBC e Itaú.

O vereador sempre acreditou no esporte como forma de estimular a saúde e melhorar a qualidade de vida das pessoas, o que motivou a criação de diversos projetos que resultaram na reforma de sete complexos esportivos da cidade além da construção do complexo do núcleo 08, localizado na Zona Norte.

Na tribuna da CMM, defendeu intensamente a reforma do Terminal da Cidade Nova, o que colaborou com a construção do complexo do Terminal 3, que hoje viabiliza o transporte de milhares de pessoas que dependem dos coletivos.

Nas votações em plenário, procurou sempre votar de acordo com a vontade da população. Foi contra o aumento da passagem de ônibus, contra o aumento na tarifa de água e iluminação pública, lutou pela preservação da meia passagem e manifestou-se contra o valor cobrado na taxa de esgoto nas contas de água.

No início do ano de 2001, o Governo do Estado entregou à Prefeitura de Manaus, a sede da creche Magnólia Frota, com estrutura completamente comprometida e em estado de completo abandono. Através do Requerimento nº 1122/01 a estrutura foi totalmente reformada e equipada para atender até 400 crianças.

+ Deputado Pablo usou a própria mãe como Laranja de empresa, diz Folha

Novos Projetos

A saúde física e mental é uma das bandeiras defendidas pelo pré-candidato, que pretende lutar para a implantação de outros CSU’s (Centro Social Urbano) na cidade, para que as pessoas possam praticar atividades físicas e participar de eventos culturais.

Tony Ferreira jogando vôlei com os moradores.
Foto: Reprodução

De acordo com o Ministério da Saúde, a prática de atividade física é essencial, mesmo durante a pandemia causada pelo novo Coronavírus, isso porque os exercícios melhoram o sistema imunológico e ainda colaboram para a proteção e o combate às doenças crônicas, que podem agravar as consequências do Covid-19.

Mesmo assim, a Prefeitura de Manaus decidiu extinguir a Semjel (Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer), e transformar a mesma em uma subsecretaria na Semasc (Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania) com verba reduzida. O que consequentemente resultou na queda de investimentos dedicados ao esporte e lazer da população.

Essa foi uma das principais motivações que levaram o empresário a lançar sua pré-candidatura, com o objetivo, de, se eleito, revogar a Lei nº 2.626, que eliminou a SEMJEL.

A fomentação de projetos voltados para a saúde psicológica da população também é uma das causas defendidas por Tony, que reconhece a carência de profissionais da área no setor público, o que acaba prejudicando as pessoas que não tem condições financeiras de pagar uma consulta particular.

Um dos principais compromisso do pré-candidato é lutar para estender o horário de atendimento nos CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) do município seja extendido, isso se deve ao fato de que milhares de cidadãos manauaras perderam seus entes queridos para o Covid-19, além de muitas pessoas que desenvolveram problemas psicológicos em virtude da pandemia e do isolamento social.

+ Vanessa ataca Eduardo Bolsonaro e leva resposta: ‘Olhe-se no espelho’

Solidariedade

Por se tratar de um empresário bem sucedido, o ex-parlamentar afirma que nunca precisou do dinheiro público para conquistar seus objetivos.

No início do ano 2000, quem precisava se deslocar até um hospital ou clínica da cidade, dependia unicamente do serviço ‘SOS Manaus’ que tinha frota pequena e incapaz de atender a toda população.

Foi então que Tony decidiu custear do próprio bolso, duas ambulâncias que deslocavam pacientes que precisavam de atendimento médico e não podiam pagar por um transporte decente.

Na época, diversas regiões da cidade também sofriam com a falta e oscilação do fornecimento de água, que além de escassa, era inadequada para o consumo. Em muitos casos, quando o líquido chegava nas casas, apresentava coloração escura e mal cheiro. O que levou Tony a criar por conta própria, um posto de distribuição de água potável e gratuita para a população.

Usando estrutura própria, promoveu campeonatos de ping-pong, futsal, tênis de mesa, futebol, voleibol, sinuca e outras modalidades em um projeto que acontecia todos os domingos em meados dos anos 90 e até hoje deixa saudades nas lembranças de quem participou e hoje sofre com a falta de opções semelhantes de lazer e entretenimento.

Campeonato de futebol realizado por Tony. Na ocasião, os participantes receberam bolas, cones de sinalização, troféus, medalhas, chuteiras e uniformes.

Projeto Rua de Lazer / Foto: Reprodução

+ Deputados repudiam ataques de Luciano Huck à Zona Franca de Manaus

Reconhecimento

Em seu primeiro mandato, recebeu a medalha de mérito de Amigo dos Taxistas de Manaus, após ser um dos poucos parlamentares da CMM a votar a favor da classe.

Sua postura e posicionamento no parlamento municipal o levou a conquistar o respeito de seus colegas vereadores e com isso foi escolhido para ser Ouvidor, Corregedor, presidente das Comissões de Defesa do Consumidor, Esporte e Educação.

Tony também foi escolhido pelo, na época, Deputado Federal Enéas Carneiro, para ser o presidente do diretório municipal do Partido da Reedificação da Ordem Nacional (PRONA), a escolha foi anunciada em Brasília e o então vereador ficou honrado pela escolha, pois segundo ele, Enéas Sempre foi muito crítico em suas escolhas.

Além disso, Tony liderou o Partido Liberal, Partido Progressista, Partido da Frente Liberal e chegou a ser vice-líder e vice-presidente do Partido Verde.

Leia Também: Com salário de R$ 15 mil, vereador reclama da falta de café e caldinho na Câmara

Comentários

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.

- Advertisment -

Mais Lidas

×

Olá!

Fale agora mesmo com nosso atendimento.

× Como posso te ajudar?