Covid-19: Peru revisa número de mortes e tem pior marca per capita

País é um dos mais atingidos pela pandemia na América Latina

3
peru covid 19
Residents from surrounding communities head to the weekly food market in Coata, 40 km of Puno and close to the border with Bolivia on July 8, 2020. - The municipality of Coata has imposed mandatory disinfection and screening to all who visit the weekly fair, to avoid the the novel coronavirus from infecting the community as this remote district has not reported any COVID-19 cases. Peru ranks second in Latin America after Brazil with 312,911 cases, registering so far more than 11,000 deaths. (Photo by Carlos MAMANI / AFP)
Acessibilidade (Ouça a matéria completa)

O governo peruano quase triplicou seu número oficial de mortos pela covid-19 nessa segunda-feira (31), para 180.764, após fazer uma revisão, transformando a situação do país na pior do mundo em relação ao tamanho de sua população. Os dados são da Universidade Johns Hopkins.

O Peru está entre os países latino-americanos mais atingidos pela pandemia de covid-19, com hospitais superlotados e a demanda por oxigênio superando a disponibilidade. Há muito tempo, especialistas avisavam que o verdadeiro número de mortos estava sub-representado nas estatísticas oficiais do país.

Patrocinado

O governo afirmou que agora vai atualizar o total de mortos, que estava em 69.342 no domingo (30), em parte por causa da falta de testes, que tornou difícil a confirmação da causa de óbito de muitos pacientes.

De acordo com dados da Johns Hopkins, a Hungria tinha o pior número per capita de mortos pela covid-19, que era de 300 para cada 100 mil habitantes. Com a atualização, o Peru agora tem mais de 500 mortes pela doença para cada 100 mil pessoas.

“Acreditamos que é nosso dever tornar pública essa informação atualizada”, disse a primeira-ministra do Peru, Violeta Bermúdez, em entrevista coletiva anunciando o resultado da revisão. 

Na América Latina, o Brasil tem o maior número total de mortos, com mais de 460 mil vidas perdidas por causa da pandemia. Em relação à sua população, no entanto, o número de mortos no Peru é mais que o dobro do brasileiro, de acordo com os dados.

Comentários

Patrocinado