fbpx
25.3 C
Manaus
segunda-feira, 2 agosto, 2021
Patrocinado
InícioBrasilNo Pará, Prefeito admite que não vai liberar atividades para continuar recebendo...

No Pará, Prefeito admite que não vai liberar atividades para continuar recebendo verbas

"Deixa eu receber esse um milhão e trezentos que eu libero", declarou Elias Santiago do PT.

Pará – Um vídeo que circula nas redes sociais, mostra o Prefeito Elias Santiago (PT), declarando abertamente que não irá ‘liberar’ o retorno das atividades da cidade de Concórdia do Pará, para que continue recebendo verba de combate ao Covid-19. Assista:

 

 

“Talvez vocês não me entenderam ainda, os municípios que estão mantendo a restrição contra a pandemia estão recebendo recursos, os municípios que abriram, deixaram de receber. Então, eu já recebi 3 milhões de reais por estar combatendo a pandemia, falta eu receber um milhão e trezentos, eu devo receber semana que vem. Se eu abrir, eu não recebo 1 milhão e 300. Então deixa eu receber esse 1 milhão e 300 que aí eu libero.”

A cidade de Concórdia do Pará chegou a decretar ‘lockdown’ em junho, quando havia 174 casos confirmados da doença.

Após a repercussão do vídeo, o prefeito petista veio a público tentar disfarçar as declarações, confira:

Controvérsias

Elias declarou que não há problema em tentar conseguir recursos para o município combater a pandemia, no entanto, o primeiro vídeo mostra que o prefeito estava em um estabelecimento comercial lotado, com centenas de pessoas sem máscaras e sem o distanciamento necessário, o que vai de encontro com o propósito dos recursos.

Além disso, o prefeito é filiado ao Partido dos Trabalhadores, que constantemente critica p presidente Jair Bolsonaro, por não incentivar o uso de máscara por defender a reabertura das atividades não essenciais.

Comentários

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.

- Advertisment -

Mais Lidas

Comentários

Fique sempre bem informado

Fique sempre bem informado

Receba notícias exclusivas diretamente em seu E-mail.

 
 
 
 
 

Sua inscrição foi realizada com sucesso

×

Olá!

Fale agora mesmo com nosso atendimento.

× Como posso te ajudar?