Hospital Sírio-Libanês doa cinco usinas de produção de oxigênio ao Amazonas

Equipamentos serão instalados em cinco municípios do interior do Amazonas, outras sete estão sendo instaladas em Manaus.

0
Usinas doadas para o AM
Foto:Divulgação

AMAZONAS – O Governo do Amazonas recebe, nesta quarta-feira (20), cinco usinas independentes para a produção de oxigênio líquido, doadas pelo Hospital Sírio Libanês, de São Paulo. O equipamento será utilizado no suporte assistencial, em unidades de saúde do interior, como parte das ações de enfrentamento da pandemia da Covid-19.

Segundo o secretário de Saúde do Amazonas, Marcellus Campêlo, as usinas serão instaladas nos municípios de Eirunepé, Manacapuru, Lábrea, Tabatinga e Carauari.

Cada usina tem capacidade para produzir 26 metros cúbicos de oxigênio medicinal por hora. O reforço ajudará a suprir a escassez do produto, ocasionado pelo aumento no número de hospitalizações na rede pública de saúde.

Além das doadas pelo hospital paulista, outras sete usinas independentes foram doadas pelo Ministério da Saúde e já estão no Estado. Elas entrarão como suporte em unidades de média e alta complexidade da capital.

A capacidade de produção das usinas varia de 13 a 22 metros cúbicos por hora. Duas delas estão sendo instaladas no Hospital e Pronto-Socorro Delphina Aziz, na zona Norte de Manaus, unidade de referência no tratamento da Covid-19.

Comentários

Comments are closed.