Marcelo Ramos se torna o primeiro parlamentar do AM a ocupar vice-presidência da Câmara dos Deputados

Marcelo Ramos já foi vereador, deputado estadual e subsecretário municipal de esportes, iniciou a sua vida política sendo presidente do grêmio estudantil

34
marcelo ramos

Em dia histórico para a política amazonense, o deputado federal Marcelo Ramos (PL), foi eleito vice-presidente da Câmara dos deputados em Brasília com 396 votos. Desde 1982, o Amazonas não ocupa uma vaga na Mesa Diretora da Câmara, quando foi eleito o deputado Joel Ferreira (PDS-AM), que ocupou a segunda suplência da 2º Secretaria da Casa. Com isso, Ramos passa a ser, também, pelo regimento, o 1º vice-presidente do Congresso Nacional.

Resultado da votação para mesa diretora câmara dos deputados

Marcelo Ramos já foi vereador, deputado estadual e subsecretário municipal de esportes, iniciou sua vida política sendo presidente do grêmio estudantil e depois dirigente nacional da União da Juventude Socialista, formado em Direito, já atuou como advogado e também professor universitário.

Ramos critica Bolsonaro e diz ter 'meta' de aprovar Previdência até julho |  VEJA
Deputado Federal do Amazonas, Marcelo Ramos (PL)

“Mais do que a honra, me cabe a responsabilidade de simbolizar, hoje, as esperanças do povo do Amazonas, que vai comigo, no meu coração, para a vice-presidência da Câmara. Assumir o cargo de vice-presidente da Câmara, um deputado federal de primeiro mandato, é muito significativo para o nosso Amazonas, em especial, pelo compromisso que o presidente, o deputado Arthur Lira (PP-AL), firmou, presencialmente, no nosso estado”, disse Ramos acrescentando que atuará com Arthur pela manutenção da Zona Franca de Manaus e a garantia de recursos para a recuperação da BR-319.

Em relação à segunda onda da pandemia que assola o Amazonas, Ramos garantiu que defenderá que ações sociais àquelas pessoas mais afetadas pela crise são inadiáveis. No entanto, pondera, do ponto de vista fiscal, o país também passa por sérios problemas. Por isso, ressalta a importância de se buscar soluções que fiquem dentro do teto de gastos, de modo a não passar uma mensagem de irresponsabilidade fiscal aos investidores.

“Creio que uma das soluções pode ser um auxílio emergencial menos robusto e mais focado nos que mais precisam, ou uma remodelagem do programa Bolsa Família, com a inclusão daqueles que hoje não dispõe de nenhum apoio social”, revelou Marcelo Ramos.

Agenda prioritária


“Estabelecemos uma agenda prioritária para o país, que inclui a necessidade de aprovar, urgentemente, o Orçamento de 2021. Após isso, vamos discutir a PEC Emergencial, na sequência, a PEC da Reforma Administrativa, e a PEC da Reforma Tributária, para que o Brasil tenha um ambiente de negócios sadio e possa voltar a crescer após a contenção da crise sanitária, que penaliza a todos e, em especial, ao Amazonas”, afirmou novo vice-presidente da Câmara.

Sem dúvida alguma Marcelo é o deputado mais atuante do Amazonas na atualidade, ganhou visibilidade nacional ao presidir a comissão especial da reforma da presidência e hoje se torna o primeiro parlamentar amazonense a ocupar um cargo tão alto na mesa diretora da Câmara dos Deputados.

Assista:

Leia também: Justiça suspende decisão contra o ex-governador José Melo por contrato na Copa de 2014

Bancada do Amazonas quer CPI no Senado para investigar colapso na saúde do Estado

Governo do AM entrega terceira remessa de vacinas contra a Covid para a Prefeitura de Manaus

Comentários