fbpx
28.3 C
Manaus
quinta-feira, 21 outubro, 2021
Patrocinado
InícioAmazonasEntenda o caso do Engenheiro encontrado morto na tarde de ontem (30)

Entenda o caso do Engenheiro encontrado morto na tarde de ontem (30)

Adriano Santos – Politizei

Na tarde desta segunda-feira, o engenheiro Flávio Rodrigues dos Santos foi encontrado morto em um terreno no bairro do Tarumã, zona oeste da cidade. O que mais chama atenção nesse caso é que a última vez que Flávio foi visto, estava em uma festa em um condomínio de luxo, na residência da primeira-dama de Manaus, Elizabeth Valeiko.

Com base nas informações que o Politizei teve acesso, entenda o caso:

A FESTA

No último domingo (29), Flávio participou de uma festa em uma casa no condomínio Passaredo, localizado no bairro da Ponta Negra, zona oeste de Manaus. A casa segundo a polícia é de propriedade da Primeira-Dama Elizabeth Valeiko, mas quem mora no local é o filho dela, Alejandro Molina Valeiko.

A Polícia Civil trabalha com a possibilidade de que o engenheiro tenha sido morto na casa e posteriormente sido levado para o local onde o corpo foi encontrado.

A VÍTIMA

Flávio Rodrigues dos Santos, de 42 anos, era engenheiro e trabalhava na empresa de bebidas Ambev. Era conhecido como ‘Panda’ pelos amigos próximos e de acordo com a família, não costumava se envolver em confusões. Seu corpo foi encontrado com várias facadas em um terreno no bairro tarumã.

O ANFITRIÃO 

Alejandro Molina Valeiko é filho da Primeira-dama, esposa do Prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB). Nossa equipe de reportagem tentou entrar em contato com Alejandro, sem êxito. Ele é um dos suspeitos de participar na morte do Engenheiro Flávio.

É importante lembrar que sua participação no crime ainda não foi confirmada de fato, ao contrário do que muitos portais de notícias estão divulgando.

A Prefeitura de Manaus foi procurada, mas informou que não vai comentar o assunto nesse momento.

AS SUSPEITAS

Os Familiares da vítima, dizem que Flávio não era de entrar em confusão e por isso estranharam seu desaparecimento. Algumas pessoas acreditam se tratar de ‘queima de arquivo’ e que Flávio “Possa ter visto o que não devia”

“Ele viu alguma coisa e executaram ele lá dentro para ele não abrir a boca e dizer o que aconteceu. Mas a gente já tá sabendo que é da política, porque é o filho da Betina (sic)”, disse uma familiar, que preferiu não ser identificada.

MAIS INFORMAÇÕES A QUALQUER MOMENTO*

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Lidas

×

Olá!

Fale agora mesmo com nosso atendimento.

× Como posso te ajudar?