STJ manda soltar Luiz Fernando Pezão

O STJ (Supremo Tribunal de Justiça) determinou, nesta terça-feira (10), a revogação da prisão preventiva do ex-governador Luiz Fernando Pezão e a aplicação de medidas cautelares. A decisão foi tomada por três votos a zero da sexta turma do Tribunal. Votaram a favor da aplicação das medidas cautelares os ministros Rogério Schietti, Nefi Cordeiro e Laurita Vaz. Sebastião Reis Júnior e Saldanha Palheiro não votaram por estarem impedidos.

Entre as medidas cautelares determinadas nesta terça-feira (10) estão o comparecimento em juízo, monitoramento eletrônico, não se ausentar do estado, e não manter contato com outros réus

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui