fbpx
25.3 C
Manaus
segunda-feira, 2 agosto, 2021
Patrocinado
InícioAmazonasExclusivo: A saúde do Amazonas já entrou em colapso? Entenda

Exclusivo: A saúde do Amazonas já entrou em colapso? Entenda

Colapso na Saúde do Amazonas: Nas últimas 24h, diversos relatos sobre a falta de assistência na saúde chegaram em situação extrema na capital

O Início

O Amazonas tem enfrentado nos últimos anos, saqueamento aos cofres públicos, principalmente na área da saúde. É de conhecimento de todos esse saqueamento através da operação maus caminhos, que investiga a prática de crimes de corrupção passiva, lavagem de capitais e a existência de uma organização criminosa que desviou recursos milionários da Saúde do Amazonas.

Antes de entrarmos no tema Colapso da Saúde no Amazonas, vamos relembrar um pouco os acontecimentos da Maus Caminhos, e o que temos até o momento.

Colapso na Saúde do Amazonas: Mouhamad Moustafa

Em setembro de 2016, Mouhamad Moustafa foi preso pela primeira vez e teve seu aparelho de telefone celular apreendido e periciado pela PF, o que possibilitou o avanço das investigações que culminaram com identificação de um núcleo político em torno do grupo criminoso e a consequente deflagração das fases seguintes da operação.

Para quem não conhece Mouhamad Moustafa, foi o Médico apontado como chefe da organização criminosa que desencadeou a operação maus caminhos, Mouhamad exercia o controle das empresas Salvare, Total Saúde e Simea, geridas pelo Instituto Novos Caminhos para o desvio de dinheiro público.

Não vou entrar muito a fundo nos detalhes da maus caminhos, para não ficar tão cansativo, mas ficou configurado forte indício do esquema de desvio de dinheiro público da Saúde, o valor estimado ainda não foi fechado, por conta dos desdobramentos da investigação que ainda está em andamento, mas até o momento estima-se que o valor esteja próximo de R$ 112 milhões no total. 

Na operação temos grandes nomes políticos envolvidos, que culminou na prisão até do Ex-Governador do Amazonas, Josué Melo e de sua Esposa Edilene Gonçalves, do empresário Murad Aziz, irmão do senador e ex-governador do Amazonas Omar Aziz, que também é investigado pela operação e sua esposa Nejmi Aziz e outros três irmãos do Senador que também chegaram a ser presos temporariamente.

Quantos aparelhos respiradores dava pra comprar com o dinheiro que foi desviado? Dava pra construir um hospital? Ou mais de um?

Hoje o preço de mercado de um respirador varia em torno de R$52 mil, dependendo da cotação do dólar, com isso daria para adquirir no mínimo 2 mil respiradores apenas com esse valor. Sendo que hoje o Estado não possui nem 500 Respiradores. Se falando de números, com este mesmo valor desviado da Saúde daria para o Governo custear Aluguel do hospital de campanha na Nilton Lins por quase 12 anos. Apenas com esse valor desviado.

Colapso na Saúde do Amazonas: As Consequências

Agora que já relembramos um grande esquema de corrupção envolvendo diversos nomes políticos e também a saúde do Amazonas, não é de se estranhar que o Estado esteja enfrentando toda essa situação neste momento de calamidade na Saúde. O que podemos observar é que, a Saúde já está deteriorada faz tempo, mas foi “empurrada na barriga” até agora.

Temos como exemplo o Hospital Delphina Aziz sendo inaugurado sem estar em pleno funcionando, empresas desviando dinheiro da saúde (crise dos terceirizados) falta de pagamento aos profissionais, falta de equipamento e falta de Estrutura.

Temos que ter consciência, que todo o caos que a Saúde está enfrentando não é somente culpa do Governador Wilson Lima.

Com a chegada da Pandemia, todos pudemos perceber o quanto estamos despreparados e que os nossos governantes não se preocuparam em garantir o que a constituição brasileira determina:

No Art. 196, a Constituição Federal de 1988 reconhece a saúde como direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação.

Colapso na Saúde do Amazonas: O Colapso

Na última semana, mais uma vez a Saúde do Amazonas foi Destaque Nacional, por conta de um dos Maiores Hospitais do Estado, Hospital e Pronto Socorro Dr. João Lúcio Pereira Machado, Acumular corpos junto aos Pacientes que estavam em atendimentos no Hospital. Em nota a Secretaria de Estado de Saúde (Susam) informou que providenciou um contêiner frigorífico que dará apoio no acondicionamento de corpos de pessoas que vieram à óbito com suspeita de Covid-19.

Veja o caso:

Ontem (17), recebemos diversas denúncias de pessoas que estavam enfrentando falta de atendimento nas unidades de serviço de pronto atendimento do Estado, casos estes que estavam ocorrendo praticamente ao mesmo tempo, mas em unidades distintas como, SPA do Alvorada que de acordo com informações obtidas tinha no mínimo 2 corpos aguardando retirada e até mesmo faltando atendimento médico, que ocasionou em confusão de populares no local.

Assista o vídeo abaixo:

Hoje pela manhã (18), um Médico da Unidade de Serviço de pronto Atendimento do Alvorada cedeu entrevista na saída do seu plantão, aparentemente indignado e exausto, o médico explicou que ocorreram Seis óbitos na unidade, pois o SPA conta apenas com três ventiladores e os três estão danificados.

Veja a declaração do Médico:

Recebemos um vídeo ainda sobre a unidade de Atendimento do Alvorada mostrando como está o funcionamento da unidade, também é possível visualizar dois corpos ainda na maca aguardando retirada no mesmo leito de outros pacientes.

Também recebemos algumas denúncias da falta de funcionamento do SPA do Coroado, localizado na Zona leste da capital, a denúncia relata sobre o funcionamento da unidade que por falta de profissionais, muitos doentes e sem reposição, estão direcionando os pacientes para buscarem atendimentos em outras unidades de saúde.

Veja:

Outro caso que chegou até a nossa redação foi o de um rapaz pedindo ajuda para a remoção de um corpo no Bairro Zumbi dos Palmares, localizado na zona Leste de Manaus. Em áudio, o rapaz pede ajuda para seu vizinho que faleceu dentro de sua casa, de acordo com o rapaz, o homem de 70 anos faleceu às 17h:30min e conforme relatos até próximo de 23h o corpo ainda não tinha sido removido, ao entrar em contato com SAMU, a resposta foi que não tinha carro disponível para a fazer a remoção do corpo.

Confira os relatos nos áudios abaixo:

O que podemos perceber é que a Saúde no Amazonas está sim em situação precária, não apenas por conta da Pandemia, mas sim por conta da falta de gestão com os recursos públicos destinados a pasta, que, nos últimos anos foram desviados e até hoje o Estado ainda não conseguiu solucionar o problema da Gestão na Saúde.

Que, após recentes declarações do Ex-secretário de Saúde Rodrigo Tobias, sobre o colapso na saúde do Estado, passou por troca de comando, e agora sem tempo, e sem solução até o momento a única alternativa que temos é confiar que a nova secretária, consiga minimizar ou até mesmo solucionar o massacre que a saúde vem sofrendo nos últimos anos, pois quem sofre com tudo isso é a população, que hoje por conta do coronavírus, encontra-se em situação muito pior.

Afinal, estamos ou não com a Saúde do Amazonas em Colapso?

Continua…

Deixe seu comentário.

Comentários

Magno Gonçalveshttps://portalpolitizei.com.br
Graduado em Engenharia de Produção, Jornalista, especialista em Comunicação e Marketing digital, Especializando em Ciência Política e criador do Politizei.

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.

- Advertisment -

Mais Lidas

Comentários

Fique sempre bem informado

Fique sempre bem informado

Receba notícias exclusivas diretamente em seu E-mail.

 
 
 
 
 

Sua inscrição foi realizada com sucesso

×

Olá!

Fale agora mesmo com nosso atendimento.

× Como posso te ajudar?