Pesquisa Ibope mostra Amazonino em queda e Nicolau disparando

Candidato pelo PL, Alfredo Nascimento é o mais rejeitado entre os candidatos, segundo o instituto; Confira os números.

Pesquisa-Ibope

Pesquisa Ibope para concorrer a Prefeitura de Manaus, divulgada pela Rede Amazônica nesta quarta-feira (14), mostra uma queda acentuada do candidato Amazonino Mendes (Podemos) e um crescimento disparado de Ricardo Nicolau (PSD).

Os números gerais são:

  • Amazonino Mendes (Podemos): 25%
  • David Almeida (Avante): 13%
  • Ricardo Nicolau (PSD): 11%
  • Zé Ricardo (PT): 10%
  • Capitão Alberto Neto (Republicanos): 7%
  • Coronel Menezes (Patriota): 6%
  • Alfredo Nascimento (PL): 3%
  • Chico Preto (DC): 3%
  • Romero Reis (Novo): 2%
  • Marcelo Amil (PC do B): 1%
  • Branco/Nulo: 16%
  • Não sabe/Não respondeu: 3%

O nome do candidato Gilberto Vasconcelos (PSTU), não foi citado pelos entrevistados.

Levantamento

O estudo realizado na capital entre os dias 12 e 14 de outubro já avalia a performance dos candidatos após o início da campanha nas ruas e os primeiros dias da propaganda eleitoral no rádio e na TV.

Em pesquisas divulgadas antes deste período, Amazonino, por exemplo, acima dos 30% das intenções de voto; Nicolau não passava de 5%, números, portanto, bem diferentes dos de hoje.

Rejeição

O Ibope também apurou o índice de rejeição dos candidatos a prefeito.

Confira os números:

  • Alfredo Nascimento (PL): 44%
  • Amazonino Mendes (Podemos): 42%
  • Zé Ricardo (PT): 23%
  • Chico Preto (DC): 18%
  • Ricardo Nicolau (PSD): 18%
  • Capitão Alberto Neto (Republicanos): 17%
  • David Almeida (Avante): 15%
  • Coronel Menezes (Patriota): 14%
  • Marcelo Amil (PC do B): 12%
  • Romero Reis (Novo): 12%
  • Gilberto Vasconcelos (PSTU): 11%
  • Poderiam votar em todos: 1%
  • Não sabem ou preferem não opinar: 8%

A pesquisa Ibope foi encomendada pela pela Rede Amazônica e registrada na Justiça Eleitoral  sob o número AM-09557/2020.

Os pesquisadores entrevistaram 504 pessoas. A margem de erro é de 4% para mais ou para menos.

Comentários