Governador do Piauí confirma cota extra de vacinas para o Amazonas

Wellington Dias disse que a proposta é que o Amazonas receba 5% das doses dos imunizantes que chegarão ao país.

0
Foto: Reprodução

BRASIL -A informação de que o Amazonas receba 5% das doses dos imunizantes foi confirmada por Wellington Dias, governador do Piauí. Ele também é o presidente do Consórcio Nordeste e Coordenador da temática de Vacina no Fórum dos Governadores. Na noite de quinta-feira (21), governadores de ao menos 22 estados participaram de reunião para propor que o estado do Amazonas receba doses extras das vacinas contra a Covid-19.

Os chefes de cada estado entenderam que a situação que o Amazonas enfrenta é crítica. Principalmente em Manaus.

Em suma, a região passou, na última semana, por um colapso devido à falta de oxigênio para atender pacientes com Covid-19.

Nesta sexta-feira (22), o Brasil deve receber 2 milhões de doses da vacina de Oxford/Astrazeneca. Estas, portanto, chegam da Índia. Além disso, a diretoria colegiada da Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) se reunirá para autorizar o uso emergencial de 4,8 milhões de doses da vacina Coronavac. Esses imunizantes são produzidos pelo Instituto Butantan.

Segundo o governador do Piauí, a proposta é que o Amazonas receba 5% das doses dos imunizantes que chegarão ao país. A partir disso, o restante deverá ser distribuído igualmente entre os demais estados.

Comentários

Comments are closed.