fbpx
26.5 C
Manaus
sexta-feira, 16 abril, 2021
Patrocinado
InícioAmazonasDoria diz que suspendeu envio de vacinas ao AM por causa dos...

Doria diz que suspendeu envio de vacinas ao AM por causa dos ‘fura-filas’

Governador de São Paulo diz que aguarda manifestação e apresentação de cronograma de vacinação do Estado.

AMAZONAS – A Secretaria de Comunicação do Governo de São Paulo (Secom/SP) informou que o governador João Dória, suspendeu o envio imediato das 50 mil doses da vacina Coronavac prometidos ao Amazonas devido à falta de planejamento e controle na vacinação no Estado.

A nota enviada na noite de domingo (7), cita “fatos reconhecidamente públicos e até mesmo suspensão pela própria justiça da imunização naquele Estado devido à falta de Planejamento e controle” como motivação para o governo suspender o envio do imunizante.

O Amazonas e, principalmente, Manaus ganharam o noticiário nacional depois que duas médicas recém-formadas receberam a primeira dose da vacina Coronavac, no primeiro dia de vacinação em Manaus. Depois delas, secretários, servidores municipais e empresários que não estava na fila de prioridades também receberam a primeira dose.

Por determinação da Justiça, a imunização foi suspensa no Estado para que o governo e a Prefeitura de Manaus apresentassem um planejamento de vacinação e a lista de vacinados. O MP-AM chegou a pedir a prisão e o afastamento do prefeito de Manaus, David Almeida, de secretários e servidores que furaram a fila da vacinação, o que foi negado pela justiça estadual.

Conforme compromisso do Governador João Doria, o Estado de São Paulo coloca à disposição 50 mil doses da vacina ao Estado do Amazonas. Diante de fatos reconhecidamente públicos e de até mesmo suspensão pela própria justiça da imunização naquele estado devido à falta de planejamento e controle, São Paulo suspendeu o envio de imediato e aguarda a manifestação e apresentação de cronograma  estadual de imunização do Amazonas.”, diz comunicado da Secretaria de Comunicação de São Paulo.

Amazonas nega

O Governo do Amazonas informou, nesta segunda-feira (8), que a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), não recebeu nenhuma solicitação acerca do cronograma estadual de imunização do Amazonas por parte do Governo de São Paulo.

Sobre as vacinas prometidas, a Secom-AM informou: “É importante ressaltar que as 50 mil doses que serão destinadas ao Amazonas estão em fase de produção, após a chegada ao Brasil de um avião com 5,4 mil litros de insumos para a produção do imunizante pelo Instituto Butantan.”

O Amazonas já recebeu quatro remessas de vacinas do Ministério da Saúde, sendo três da Coronavac e uma da AstraZeneca, totalizando 508.620 doses.

Na primeira remessa do Ministério da Saúde, em 18 de janeiro, o Amazonas recebeu 282.320 doses da Coronavac. No dia 23 de janeiro, outras 132.500 mil doses da AstraZeneca desembarcaram no estado. Em 25 de janeiro, o Amazonas recebeu 44.600 doses da Coronavac. E neste domingo, chegaram para o Estado mais 49.200 doses de Coronavac.

Ao anunciar o recebimento da quarta remessa de vacinas, o Governo do Amazonas lembrou que as 50 mil doses prometidas pelo governador João Doria, não chegaram ao Estado.

Dória doou as vacinas em meio à comoção nacional criada pela falta de oxigênio em hospitais de Manaus na semana em que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) se preparava para liberar as primeiras vacinas no Brasil.

No dia 17, quando a agência liberou o uso emergencial da Coronavac e da AstraZeneca no país, Doria se apressou para iniciar a vacinação. Em um evento em São Paulo, onde a primeira vacina em solo brasileiro foi aplicada, o governador de São Paulo lamentou a situação do Amazonas e prometeu enviar imediatamente 50 mil doses da vacina ao Estado.

Até este domingo, o Estado já havia imunizado 115.470 pessoas com a primeira doses da vacina contra a Covid-19.

Comentários

- Advertisment -

Mais Lidas

Comentários

Fique sempre bem informado

Fique sempre bem informado

Receba notícias exclusivas diretamente em seu E-mail.

 
 
 
 
 

Sua inscrição foi realizada com sucesso

×

Olá!

Fale agora mesmo com nosso atendimento.

× Como posso te ajudar?