fbpx
26.3 C
Manaus
quarta-feira, 20 outubro, 2021
Patrocinado
InícioBrasilMacron diz que há outros países para ajudar na Amazônia; Trump volta...

Macron diz que há outros países para ajudar na Amazônia; Trump volta a apoiar Bolsonaro

Francês disse que há líderes que confundem soberania e agressividade. Trump afirmou que Bolsonaro está fazendo um bom trabalho: ‘apoio total e completo dos EUA’.

Dando continuidade à polêmica entre Brasil e França em relação às queimadas na Amazônia, o presidente francês, Emmanuel Macron, disse nesta terça-feira (27), numa conferência de embaixadores em Paris, que há outros países a serem ajudados na região amazônica.

“Notei que as inquietudes são sobretudo a falta de tato de alguns dirigentes que consideram que a soberania é, no fundo, agressividade, o que acredito profundamente ser um erro. Somos um país soberano, quando temos grandes acontecimentos, aceitamos com alegria e bons olhos a solidariedade internacional, porque é um símbolo de amizade”, declarou Macron.

“Mas, sobretudo, há 9 países na Amazônia. Há muitos outros países que solicitaram nossa ajuda e então é importante mobilizá-la rápido para que a Colômbia, a Bolívia e todas as regiões brasileiras que desejarem ter acesso a essa ajuda internacional possam tê-la e possam reflorestá-la rapidamente”, prosseguiu o francês.

A fala de Macron foi aproximadamente concomitante com as declarações de Jair Bolsonaro em Brasília segundo as quais o francês terá de “retirar insultos” contra ele e o Brasil antes de considerar aceitar a ajuda de US$ 20 milhões (cerca de R$ 82 milhões) dos países do G7 para combater queimadas na Amazônia.

Um pouco mais tarde, Bolsonaro disse que a postura de Macron tem a ver com a baixa popularidade do presidente francês com a população de seu país.

“Pessoas com o pensamento como o senhor Macron, ele deve pensar duas, três vezes, antes de querer sair de uma situação complicada que se encontra, uma rejeição enorme no seu país, até mesmo, cerrando conosco. Ninguém é contra aqui dialogar com a França, em hipótese alguma”, afirmou Bolsonaro.

Também na manhã desta terça, o presidente americano, Donald Trump, voltou a fazer um post favorável a Bolsonaro no Twitter.

“Conheci o presidente Bolsonaro bem em nossas negociações com o Brasil. Ele está trabalhando duro em relação aos incêndios na Amazônia e em todos os aspectos, fazendo um ótimo trabalho para o povo do Brasil — o que não é fácil. Ele e seu país têm o apoio total e completo dos EUA!”, escreveu.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Lidas

×

Olá!

Fale agora mesmo com nosso atendimento.

× Como posso te ajudar?